terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Avril Lavigne diz que novo CD tem a "canção mais vulnerável" que já fez

O novo CD de Avril Lavigne terá algumas das músicas mais confessionais da carreira dela, afirmou a cantora em entrevista ao site Entertainment Weekly. "Posso diver que ?Goodbye? é a canção que me deixa mais vulnerável que já tenha escrito ou gravado, e foi ela que batizou o disco", explicou. A declaração foi publicada nesta semana. Avril prepara seu quarto álbum desde julho de 2009 e já adiou várias vezes o lançamento de "Goodbye lullaby", que agora está previsto para chegar às lojas em março de 2011. Ela também falou sobre sua recente parceria com a cantora Rihanna, que usou trechos de "I'm with you", de Avril, em sua canção "Cheers (drink to that)". "Fiquei muito empolgada, porque essa é uma das minhas favoritas. Ela [Rihanna] é uma ótima cantora. Foi ótimo", elogiou.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Restart: Amanhecer no teu olhar

Como se agora não existisse mais ninguém
Sobre a maior falta que eu sinto de alguém
É incrível como você me deixou assim
Pedindo a Deus pra que isso nunca tenha fim
Já é fim de noite e eu aqui a te esperar
Escrevo essa canção para que eu possa me lembrar
Daquelas tardes que eu passei junto a ti
Juras de amor para poder se divertir
Já não importa o que passou
ou se tudo a gente errou
Deixe eu te fazer feliz
Como eu sonhei, como você sempre quis.
Noites acordado sem conseguir te esquecer
Textos rabiscados procurando entender
Palavras que o tempo não consegue destruir
Por toda vontade que eu só encontro em ti
Já amanheceu o sol me lembra teu olhar
Pego o violão e toco para te lembrar
Aquela melodia que eu fiz pra ti dizer
Não importa o que aconteça eu só preciso de você
Já não importa o que passou
ou se tudo a gente errou
Deixe eu te fazer feliz
Como eu sonhei, como você sempre quis
Como você sempre quis, como você sempre quis
Como você sempre quis, como você sempre quis
Como você sempre quis, como você sempre quis

Já não importa o que passou
ou se tudo a gente errou
Deixe eu te fazer feliz
Como eu sonhei, como você sempre quis.

sábado, 25 de dezembro de 2010

Men at Work. Você se lembra desses caras e do super sucesso "Down Under"?

O Men at Work é mais conhecido pelo seu sucesso de 1982, "Down Under", uma canção alegre e cômica sobre australianos viajando pelo mundo confiantes das virtudes de seu país e sobre a imposição da cultura norte-americana e européia às belezas naturais de seu país. A canção foi um sucesso de vendas em vários países, incluindo o Reino Unido, onde alcançou o primeiro lugar nas paradas, sendo a única canção deles a entrar nos "Top 20" daquele país. Ela tornou-se um hino extra-oficial para a Austrália para vários movimentos underground ou musicais de seu país.

Seu primeiro álbum, Business as Usual (1982) marcou um recorde de maior tempo para um álbum de estréia como primeiro nas paradas dos Estados Unidos. Além de "Down Under", os hits "Who Can It Be Now?" e "Be Good Johnny" tornaram-se videoclipes de sucesso durante os primeiros anos da MTV americana. "Who Can It Be Now?" e "Down Under" atingiram o primeiro lugar nas paradas americanas. Sendo um dos álbuns mais famosos do início da década de 1980, Business As Usual teve seis milhões de cópias vendidas nos Estados Unidos, e estimam-se mais de quinze milhões vendidas mundo afora.

A banda ganhou o Grammy Award de melhor artista iniciante no ano de 1983.
O segundo álbum da banda, Cargo (1983), alcançou menos sucesso que o primeiro, atingindo apenas a terceira posição e três milhões de cópias vendidas nos Estados Unidos. Três singles foram lançados, "Overkill" (3° nos Estados Unidos), "It's A Mistake" (6° nos Estados Unidos), e "Dr. Heckyll And Mr. Jive" (28° nos Estados Unidos).

No ano seguinte a banda demitiu o baixista John Rees e o baterista Jerry Speiser. Quando seu terceiro álbum Two Hearts foi lançado em 1985 com quase nenhum sucesso (apenas 500 mil cópias vendidas nos Estados Unidos) o guitarrista Ron Strykert também deixou a banda, e logo em seguida o tecladista e saxofonista Greg Ham também seguiu o mesmo caminho. O único remanescente da banda original, o vocalista Colin Hay, continuou a fazer apresentações com músicos contratados até o final de 1985 quando o Men at Work finalmente se dissolveu. Two Hearts só conseguiu uma canção de sucesso mediano, "Everything I Need", que não chegou nem mesmo aos 40 primeiros nas paradas norte-americanas.

Em 1996 os membros originais Colin Hay e Greg Ham se reagruparam e fizeram turnê mundial também com músicos contratados. Em 1998 produziram um álbum ao vivo, Brazil, gravado ao vivo em sua turnê brasileira.

Em 2000 a banda tocou no fechamento dos jogos olímpicos de Sydney naquela cidade, cantando em coro com o público o "hino" Down under.


Down Under
Men At Work

Composição: Collin Hay


Travelling in a fried-out Kombi
On a hippie trail, head full of zombie
I met a strange lady, she made me nervous
She took me in and gave me breakfast
And she said,

"Do you come from a land down under
Where women glow and men plunder
Can't you hear, can't you hear the thunder
You better run, you better take cover."

Buying bread from a man in Brussels
He was six foot four and full of muscle
I said, "Do you speak-a my language?"
He just smiled and gave me a Vegemite sandwich
And he said,

"I come from a land down under
Where beer does flow and men chunder
Can't you hear, can't you hear the thunder
You better run, you better take cover."

Lying in a den in Bombay
Slack jaw, not much to say
I said to the man, "Are you trying to tempt me
Because I come from the land of plenty?"
And he said,

"Oh! Do you come from a land down under (oh yeah yeah)
Where women glow and men plunder
Can't you hear, can't you hear the thunder
You better run, you better take cover."

Abaixo
Viajando numa Kombi acabada
Numa trilha hippie, a cabeça cheia de zumbis
Encontrei uma mulher estranha, ela me deixou nervoso
Ela me levou para dentro e me deu café da manhã
E ela disse,


"Você vem de uma terra lá embaixo
Onde as mulheres brilham e os homens saqueiam?
Você não consegue ouvir, não consegue ouvir o trovão
É melhor você correr, é melhor achar abrigo."


Comprando pão de um homem em Bruxelas
Ele tinha 1,95m e era cheio de musculos
Eu disse, "Você fala minha língua?"
Ele só sorriu e me deu um sanduíche de Vegemite
E ele disse,


"Eu venho de uma terra lá embaixo
Onde a cerveja flui e os homens vomitam
Você não consegue ouvir, não consegue ouvir o trovão
É melhor você correr, é melhor achar abrigo."


Deitado em uma toca em Bombaim
De queixo caido, sem muito a dizer
Eu disse para o homem, "Você está me tentando
Porque eu venho de uma terra de fartura?"
E ele disse,


"Oh! Você vem de uma terra lá embaixo (oh yeah yeah)
Onde as mulheres brilham e os homens roubam
Você não consegue ouvir, não consegue ouvir o trovão
É melhor você correr, é melhor achar abrigo."

Africa Toto

Africa

I hear the drums echoing tonight
But she hears only whispers of some quiet conversation
She's coming in 12:30 flight
The moonlit wings reflect the stars that guide me towards salvation
I stopped an old man along the way
Hoping to find some long forgotten words or ancient melodies
He turned to me as if to say, "Hurry boy, it's waiting there for you"

(Chorus)
It's gonna take a lot to drag me away from you
There's nothing that a hundred men or more could ever do
I bless the rains down in Africa
Gonna take some time to do the things we never had

The wild dogs cry out in the night
As they grow restless longing for some solitary company
I know that I must do what's right
Sure as Kilimanjaro rises like Olympus above the Serengeti
I seek to cure what's deep inside, frightened of this thing that I've become

(Chorus)

Hurry boy, she's waiting there for you

It's gonna take a lot to drag me away from you
There's nothing that a hundred men or more could ever do
I bless the rains down in Africa, I bless the rains down in Africa
I bless the rains down in Africa, I bless the rains down in Africa
I bless the rains down in Africa
Gonna take some time to do the things we never had

África

Eu ouço os tambores ecoando nesta noite
mas ela ouve somente sussurros de alguma conversa bem longe
Ela está chegando no vôo das doze e trinta
Asas do luar refletem as estrelas que guiam para a salvação
Eu parei um velho no caminho
Na esperança de encontrar a letra esquecida ou melodias antigas
Mas ele se vira para mim como se fosse falar, "Depressa garoto, tudo está te esperando lá"

(Refrão)
Precisa de muita coisa para me tirar de perto de você
Não há nada que uma centena de homens ou até mais não possa fazer
E eu abençôo as chuvas que caem na África
E vai levar algum tempo para fazer as coisas que nunca fizemos

Os cães selvagens uivam na noite
Porque ficam inquietos esperando ter uma companhia solitária
Eu sei que devo fazer o que é certo
Na certeza que o Kilimanjaro ostenta-se como o Monte Olympus sobre a mata do Serengeti
Parece que consigo curar o que está bem aqui dentro com medo desta coisa que me tornei

(Refrão)

Depressa garoto, ela está esperando por você lá

Precisa de muita coisa para me tirar de perto de você
Não há nada que uma centena de homens ou até mais não possa fazer
Eu abençôo as chuvas que caem na África, Eu abençôo as chuvas que caem na África,
Eu abençôo as chuvas que caem na África, Eu abençôo as chuvas que caem na África,
Eu abençôo as chuvas que caem na África
Vai levar algum tempo para fazer as coisas que nunca fizemos

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Rick & Renner anunciam o fim da dupla

Após quase 25 anos de carreira juntos, os músicos da dupla Rick & Renner anunciaram nesta terça-feira (14) que estão se separando.

Os sertanejos lançaram recentemente o CD Happy End e, segundo nota oficial, a separação foi amigável. "Tanto Rick quanto Renner guardam muito carinho e respeito um pelo outro", diz o comunicado.

Tem gente brincando no mercado, diz Rick

Rick vai seguir carreira solo, e Renner vai se dedicar a um projeto gospel que terá, inclusive, a participação do ex-parceiro na produção e em algumas composições.

A dupla cumpre agenda de shows até janeiro. A última apresentação será em Gaspar (SC).

R7

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Westlife - Nada vai mudar meu amor por você

Westlife é um grupo pop irlandês formado em 3 de julho de 1998, seus integrantes eram originalmente Shane Filan, Mark Feehily, Kian Egan, Nicky Byrne e Brian McFadden, esse último deixou a banda em 2004. A banda é assessorada pelo magnata da música, Louis Walsh.
O grupo prova seu extremo êxito na Irlanda e no Reino Unido, bem como no resto da Europa, e também se popularizou na América do Sul, na África, Austrália e Ásia.

O grupo já tem 14 singles #1 no Reino Unido, conquistados no período de 1999 a 2006, o terceiro maior recorde na história do país, ficando atrás somente de Elvis Presley, The Beatles, e empatado com Cliff Richard. O Westlife também é a única banda na história do Reino Unido que teve seus sete primeiros sucessos consecutivamente no topo das paradas. Cerca de 40 milhões de álbuns da banda já foram vendidos em mais de 40 países pelo mundo. Foi oficialmente anunciado pela Official Charts Company que eles são "O 2º artista mais vendido" (atrás de Robbie Williams) e "A banda mais vendida da década" (batendo em Coldplay) no Reino Unido com 11 milhões de cópias vendidas. Ao mesmo tempo, a sua canção "Evergreen" foi saudada como o single mais vendido no Reino Unido da década (2000-2010).

Em 1º de junho de 2008, Westlife marcou o seu 10º aniversário com um concerto em Croke Park, Dublin que viu mais de 83.000 fãs assistir à ocasião especial. A Music Week revelou no seu site que Westlife é oficialmente a terceira turnê mais assistida dentre os anos 2005–2008, enquanto eles foram o 7ª turnê mais assistida de 2008. Também em 2008, eles foram declarados como as 9ª celebridades mais ricas de Irlanda com menos de 30 anos e 13ª em geral com 36 milhões de euros como um grupo. Em 2009, eles caíram como os 16º irlandeses mais ricos com aproximadamente 8 milhões de euros cada um.

Leia mais em Wikipédia, a enciclopédia livre. 
[Westlife]
Nothing's Gonna Change My Love For You (Nada vai mudar meu amor por você)


Nothing's Gonna Change My Love For You
If I had to live my life without you near me
The days would all be empty
The nights would seem so long
With you I see forever, oh so clearly
I might have been in love before
But never felt this strong
Our dreams are young and we both know,
they'll take us where we want to go
Hold me now, touch me now
I don't want to live without you


Nothing's gonna change my love for you
You ought to know by now how much I love you
One thing you can be sure of
I'll never ask for more than your love
Nothing's gonna change my love for you
You ought to know by now how much I love you
The world may change my whole life through
But nothing's gonna change my love for you


If the road ahead is not so easy
Our love will lead a way for us
Like a guiding star
I'll be there for you if you should need me
You don't have to change a thing
I love you just the way you are
So come with me and share the view,
I'll help you see forever too
Hold me now, touch me now
I don't want to live without you


Nothing's gonna change my love for you
You ought to know by now how much I love you
One thing you can be sure of
I'll never ask for more than your love
Nothing's gonna change my love for you
You ought to know by now how much I love you
The world may change my whole life through
But nothing's gonna change my love
Nothing's gonna change my love for you
You ought to know by now how much I love you
One thing you can be sure of
I'll never ask for more than your love
Nothing's gonna change my love for you
You ought to know by now how much I love you
The world may change my whole life through
But nothing's gonna change my love for you
Nothing's gonna change my love for you
You ought to know by now how much I love you
One thing you can be sure of
I'll never ask for more than your love
Nothing's gonna change my love for you

Nada Vai Mudar Meu Amor Por Você
Se eu tivesse de viver minha vida sem você perto de mim,
Os dias seriam todos vazios,
As noites pareceriam tão longas.
Com você eu vejo a eternidade tão nitidamente.
Eu posso ter estado apaixonado antes,
Mas nunca pareceu tão forte.
Nossos sonhos são jovens e ambos sabemos [que]
Eles nos levarão onde nós desejamos ir.
Segure-me agora, toque-me agora,
Eu não quero viver sem você.


Nada vai mudar meu amor por você,
Você deve saber a essa altura o quanto eu te amo.
De uma coisa você pode ter certeza:
Eu nunca pedirei mais do que o seu amor.
Nada vai mudar meu amor por você,
Você deve saber a essa altura o quanto eu te amo.
O mundo pode mudar minha vida toda completamente,
Mas nada vai mudar meu amor por você...


Se a estrada adiante não for tão fácil,
Nosso amor mostrará um caminho para nós,
Como uma estrela guia.
Eu estarei lá por você se precisar de mim.
Você não precisa mudar nada,
Eu te amo exatamente do jeito que você é.
Então venha comigo e compartilhe da paisagem,
Eu te ajudarei a ver a eternidade também.
Segure-me agora, toque-me agora,
Eu não quero viver sem você.


Nada vai mudar meu amor por você,
Você deve saber a essa altura o quanto eu te amo.
De uma coisa você pode ter certeza:
Eu nunca pedirei mais do que o seu amor.
Nada vai mudar meu amor por você,
Você deve saber a essa altura o quanto eu te amo.
O mundo pode mudar minha vida toda completamente,
Mas nada vai mudar meu amor por você...
Nada vai mudar meu amor por você,
Você deve saber a essa altura o quanto eu te amo.
De uma coisa você pode ter certeza:
Eu nunca pedirei mais do que o seu amor.
Nada vai mudar meu amor por você,
Você deve saber a essa altura o quanto eu te amo.
O mundo pode mudar minha vida toda completamente,
Mas nada vai mudar meu amor por você...
Nada vai mudar meu amor por você,
Você deve saber a essa altura o quanto eu te amo.
De uma coisa você pode ter certeza:
Eu nunca pedirei mais do que o seu amor.
Nada vai mudar meu amor por você!

Robbie Williams - My Way [Royal Albert Hall]



My Way

And now the end is near
And so I face the final curtain
My friend, I'll say it clear
I'll state my case of which I'm certain


I've lived a life that's full
I traveled each and every highway
And more, much more than this
I did it my way


Regrets, I've had a few
But then again, too few to mention
I did what I had to do
And saw it through without exemption


I've planned each charted course
Each careful step along the byway
And more, much more than this
I did it my way


Yes there were times, I'm sure you knew
When I bit off more than I could chew
But through it all when there was doubt
I ate it up and spit it out


I faced it all and I stood tall
And did it my way


I've loved, I've laughed and cried
I've had my fill, my share of losing
And now as tears subside
I find it all so amusing


To think I did all that
And may I say, not in a shy way
Oh no, oh no, not me
I did it my way


For what is a man, what has he got?
If not himself, than he has naugth
To say the things he truly feels
And not the words of one who kneels


The record shows, I took the blows
And did it my way

Meu Jeito

E agora o fim está próximo
Então eu encaro o desafio final
Meu amigo, Eu vou falar claro
Eu irei expor meu caso do qual tenho certeza


Eu vivi uma vida que foi cheia
Eu viajei por cada e todas as rodovias
E mais, muito mais que isso
Eu fiz do meu jeito


Arrependimetos, eu tive alguns
Mas então, de novo, tão poucos para mencionar
Eu fiz, o que eu tinha que fazer
E eu vi tudo, sem exceção


Eu planejei cada caminho do mapa
Cada passo, cuidadosamente, no correr do atalho
Oh, mais, muito mais que isso
Eu fiz do meu jeito


Sim, teve horas, que eu tinha certeza
Quando eu mordi mais que eu podia mastigar
Mas, entretanto, quando havia dúvidas
Eu engolia e cuspia fora


Eu encarei tudo e continuei de pé
E fiz do meu jeito


Eu amei, eu ri e chorei
Tive minhas falhas, minha parte de derrotas
E agora como as lágrimas descem
Eu acho tudo tão divertido


Em pensar que eu fiz tudo
E talvez eu diga, não de uma maneira tímida
Oh não, não, não eu
Eu fiz do meu jeito


E pra que serve um homem, o que ele tem ?
Se não ele mesmo, então ele não tem nada
Para dizer as coisas que ele sente de verdade
E não as palavras de alguém que se ajoelha


Os registros mostram, eu recebi as pancadas
E fiz do meu jeito

Glenn Mederios - nothing gonna change my love for you ( Nada vai mudar meu amor por você)

Nothing's Gonna Change My Love For You

If I had to live my life without you near me
The days would all be empty
The nights would seem so long
With you I see forever, oh so clearly
I might have been in love before
But never felt this strong
Our dreams are young and we both know,
they’ll take us where we want to go
Hold me now, touch me now
I don’t want to live without you


Nothing’s gonna change my love for you
You ought to know by now how much I love you
One thing you can be sure of
I’ll never ask for more than your love
Nothing’s gonna change my love for you
You ought to know by now how much I love you
The world may change my whole life through
But nothing’s gonna change my love for you


If the road ahead is not so easy
Our love will lead a way for us
Like a guiding star
I’ll be there for you if you should need me
You don’t have to change a thing
I love you just the way you are
So come with me and share the view,
I’ll help you see forever too
Hold me now, touch me now
I don’t want to live without you


Nothing’s gonna change my love for you
You ought to know by now how much I love you
One thing you can be sure of
I’ll never ask for more than your love
Nothing’s gonna change my love for you
You ought to know by now how much I love you
The world may change my whole life through
But nothing’s gonna change my love
Nothing’s gonna change my love for you
You ought to know by now how much I love you
One thing you can be sure of
I’ll never ask for more than your love
Nothing’s gonna change my love for you
You ought to know by now how much I love you
The world may change my whole life through
But nothing’s gonna change my love for you
Nothing’s gonna change my love for you
You ought to know by now how much I love you
One thing you can be sure of
I’ll never ask for more than your love
Nothing’s gonna change my love for you

Nada Vai Mudar Meu Amor Por Você

Se eu tivesse de viver minha vida sem você perto de mim,
Os dias seriam todos vazios,
As noites pareceriam tão longas.
Com você eu vejo a eternidade tão nitidamente.
Eu posso ter estado apaixonado antes,
Mas nunca pareceu tão forte.
Nossos sonhos são jovens e ambos sabemos [que]
Eles nos levarão onde nós desejamos ir.
Segure-me agora, toque-me agora,
Eu não quero viver sem você.


Nada vai mudar meu amor por você,
Você deve saber a essa altura o quanto eu te amo.
De uma coisa você pode ter certeza:
Eu nunca pedirei mais do que o seu amor.
Nada vai mudar meu amor por você,
Você deve saber a essa altura o quanto eu te amo.
O mundo pode mudar minha vida toda completamente,
Mas nada vai mudar meu amor por você...


Se a estrada adiante não for tão fácil,
Nosso amor mostrará um caminho para nós,
Como uma estrela guia.
Eu estarei lá por você se precisar de mim.
Você não precisa mudar nada,
Eu te amo exatamente do jeito que você é.
Então venha comigo e compartilhe da paisagem,
Eu te ajudarei a ver a eternidade também.
Segure-me agora, toque-me agora,
Eu não quero viver sem você.


Nada vai mudar meu amor por você,
Você deve saber a essa altura o quanto eu te amo.
De uma coisa você pode ter certeza:
Eu nunca pedirei mais do que o seu amor.
Nada vai mudar meu amor por você,
Você deve saber a essa altura o quanto eu te amo.
O mundo pode mudar minha vida toda completamente,
Mas nada vai mudar meu amor por você...
Nada vai mudar meu amor por você,
Você deve saber a essa altura o quanto eu te amo.
De uma coisa você pode ter certeza:
Eu nunca pedirei mais do que o seu amor.
Nada vai mudar meu amor por você,
Você deve saber a essa altura o quanto eu te amo.
O mundo pode mudar minha vida toda completamente,
Mas nada vai mudar meu amor por você...
Nada vai mudar meu amor por você,
Você deve saber a essa altura o quanto eu te amo.
De uma coisa você pode ter certeza:
Eu nunca pedirei mais do que o seu amor.
Nada vai mudar meu amor por você!

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Chris Martin: Coldplay promete um álbum 'conceitual'

RIO - O cantor da banda inglesa Coldplay, Chris Martin, revelou que o novo disco deles será um "álbum conceitual". Ainda que não tenha revelado o nome do disco ou a sua data de lançamento, Martin confirmou que o trabalho será "um álbum conceitual mas ao mesmo tempo muito pessoal". Ele falou sobre o assunto à BBC News, quando explicou mais um pouco sobre o conceito: "Ele parte do ponto de vista de duas pessoas que estão um pouco perdidas".

A banda (que é uma das atrações já confirmadas para o Rock in Rio de 2011) vem trabalhando com o conceituado Brian Eno e o produtor Marcus Dravs há vários meses. O novo disco será o sucessor de "Viva La Vida or Death And All His Friends", de 2008.
Globo.com

domingo, 12 de dezembro de 2010

Restart recebe Disco de Platina no Domingão do Faustão



Pe Lanza falou pela primeira vez sobre o longa durante a gravação do Show da Virada, em São Paulo



Nesta quarta-feira, 24, os integrantes do Restart anunciam um filme sobre a banda para 2011. Pe Lanza falou pela primeira vez sobre o longa durante a gravação do Show da Virada, em São Paulo. A primeira reunião com a produção do filme será realizada nesta quinta-feira, 25.

"O filme mostra o que a gente é", contou o vocalista do Restart.

Black Eyed Peas supera Willow e assume topo da parada britânica

LONDRES (Reuters) - O grupo Black Eyed Peas assumiu o topo das paradas na Inglaterra no domingo, impedindo Willow Smith, de 10 anos, de tornar-se uma das mais jovens campeãs das paradas da história britânica.

"The Time (Dirty Bit)" subiu cinco posições e deu à banda americana de hip-hop sua quinta música campeã de paradas na Inglaterra, segundo a Empresa Oficial de Paradas.

Isso significa que Willow, filha do ator Will Smith, ficou em segundo lugar com sua primeira música, "Whp My Hair", enquanto Ellie Goulding estava em terceiro com sua versão da música "Your Song", de Elton John.

A diva do pop Rihanna ficou com as duas colocações seguintes. A colaboração dela com o rapper Drake, "What's My Name", ficou em quarto e "Only Girl In The World", em quinto.

O Globo

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Phil Collins já vendeu mais de 100 milhões de álbuns em todo o mundo

Philip David Charles Collins, LVO (nascido em 30 de janeiro de 1951) é um Inglês, cantor e compositor, baterista, tecladista e ator mais conhecido como baterista e vocalista de Inglês rock progressivo do grupo Genesis , e como artista solo.



Collins emplacou vários hits no Reino Unido e os Estados Unidos entre 1978 e 1994, tanto como artista solo ou com o Gênesis. Seus singles, muitas vezes, lidam com o amor perdido, variando entre o tambor pesado " In the Air Tonight ", o pop dance de" Sussudio ", com piano" Against All Odds ", às declarações políticas de" Another Day in Paradise ". Sua popularidade internacional transformou Gênesis a partir de um grupo de rock progressivo para uma regular na parada pop e um esteio MTV.
Profissional de carreira musical Collins começou como baterista, primeiro na obscura banda de rock Flaming Youth e depois com Gênesis. No Gênesis, Collins originalmente ficava no backing vocals para o vocalista principal Peter Gabriel , cantando como vocalista principal em apenas duas músicas: "Para Absent Friends" a partir de 1971 e no álbum Cryme Enfermagem e "More Fool Me" Vendendo a Inglaterra por Pound , que foi lançado em 1973. Após a saída de Gabriel, em 1975, Collins se tornou vocalista do grupo. No encerramento da década, primeiro hit internacional do Gênesis, " Follow You, Follow Me ", demonstrou uma mudança drástica do primeiros anos de banda.

Sua carreira solo concorrente, fortemente influenciado por sua vida pessoal, trouxe ele e Gênesis sucesso comercial . De acordo com a Atlantic Records , do total de vendas mundiais Collins como artista solo, a partir de 2000, foram 150 milhões. Ele já ganhou sete Grammy Awards , um Oscar e dois Globos de Ouro por seu trabalho solo. Ele foi introduzido no Rock and Roll Hall of Fame como membro do Genesis em 2010.

Collins é um dos três únicos artistas (junto com Paul McCartney e Michael Jackson ), que já venderam mais de 100 milhões de álbuns em todo o mundo, tanto como artistas solo e (em separado) com o principais membros de uma banda. De acordo com a Billboard Magazine, quando o seu trabalhar com o Genesis, seu trabalho com outros artistas, bem como sua carreira solo é totalizado, Collins tem mais de 40 hits na Billboard Hot 100 chart para o 1980. Em 2008, Collins foi classificada como a mais bem sucedida artista de 22 na " Billboard Hot 100 A Top-Time Todos os Artistas ".

Phil Collins já colaborou com vários artistas conhecidos, como George Harrison, Paul McCartney, Eric Clapton, Roland Orzabal, Robert Plant, Ringo Starr,John Lennon, Mike Oldfield, Sting, Mark Knopfler, Peter Gabriel, Bee Gees e Ravi Shankar. Fez uma participação especial em Woman in Chains, do Tears for Fears,também participou do album Break Every Rule de Tina Turner, tocando bateria em musicas como Typical Male e Girls, e também colaborou com a banda Led Zeppelin no Live Aid, tocando bateria.

Depois que Peter Gabriel deixou o Genesis em 1975, Collins assumiu os vocais. Esse foi o período de maior sucesso comercial da banda, que continuou através dos anos 80. Enquanto trabalhava tanto como vocalista quanto de baterista, dava os primeiros passos de uma bem-sucedida carreira solo.


Apesar da enorme popularidade, as vendas dos discos de Collins começaram a decair nos anos 90. Em 2003 ele anunciou que iria terminar sua carreira solo, fazendo uma turnê de despedida. Em 2006, juntamente com Mike Rutherford e Tony Banks, anunciou uma nova turnê da banda Genesis, com a qual também participou do Live Earth, em 2007.

Em Abril de 2008 disse em entrevista ao The Times que não vai voltar a gravar nem sequer regressar à estrada. Collins vai dedicar-se à colecção de memorabilia relativa à batalha do Álamo.

Em 23 de Maio de 2008, Phil Collins anuncia o fim da sua carreira. O motivo foi um problema nas cordas vocais, que dificulta o canto, anteriormente também teve problemas com a audição.
Em 19 de Outubro de 2009, anunciou que também irá parar de tocar bateria. Após uma cirurgia em uma das vértebras da coluna cervical (próxima a nuca) que teve como seqüela a perda da sensibilidade nos dedos que o impede de tocar o instrumento. Comentou inclusive, em tom de humor, que a única forma para tocar seria a de alguém colar as baquetas em suas mãos.

Em 13 de Setembro de 2010 Phil Collins volta a gravar, com o lançamento do álbum "Going Back" com faixas de standarts da Motown Records e de Soul Music dos anos 60.

Collins se casou com a canadense Andrea Bertorelli em 1975. Eles tiveram um filho, Simon Collins e Phil adotou a filha de Andrea, Joely Collins. Eles se divorciaram em 1980. Seu segundo casamento foi com Jill Tavelman, entre 1984 e 1996, no qual teve uma filha, Lily. Collins se casou novamente em 1999, com Orianne Cevey. Tiveram dois filhos, Nicholas e Matthew. Se separaram em 2006. É defensor dos direitos dos animais e torcedor do Tottenham Hotspur Football Club.

Wikipedia

Take That. back for good - De Volta Para Sempre

Take That é um grupo de pop rock britânico formado por Gary Barlow, Mark Owen, Howard Donald, Jason Orange e Robbie Williams. Formado em Manchester em 1990, o grupo alcançou maior sucesso vendendo mais de 25 milhões de cópias entre 1991 e 1996 sozinhos antes de se separarem.

Em 2005 o grupo se reuniu sem Williams e realizaram um novo sucesso como quarteto e venderam 40 milhões de cópias no mundo todo. No total a banda teve 22 top 40 singles no Reino Unido sozinho, 11 deles alcançaram a primeira posição bem como ter cinco álbuns número 1.

Em julho de 2010, foi confirmado que Robbie Williams se juntou à banda. Eles vão lançar um novo material juntos no final de 2010 e farão turnê em 2011.



Após o retorno do cantor Robbie Williams à banda depois de 15 anos, os britânicos do Take That anunciaram nesta terça-feira (26) que farão uma turnê de 20 datas. Especialistas acreditam que o próximo álbum do grupo chegará ao topo das paradas no Natal.

A turnê na Grã-Bretanha e na Europa será a primeira do quinteto desde 1995 --e a banda prometeu que vai compartilhar o camarim como fazia antigamente nos anos 1990.

"Nós sempre dividimos o camarim. E eu continuarei essa tradição também", disse Williams, que voltou à banda no início deste ano.

Enquanto sua carreira solo foi decaindo nos últimos anos, o Take That, que se separou em 1996, tem aproveitado uma nova fase de sucesso depois de se unir novamente em 2005 sem Williams.

A turnê do ano passado para promover o álbum "The Circus" de 2008 bateu recordes nas bilheterias britânicas, vendendo 600 mil ingressos em menos de cinco horas.

"É engraçado porque quando Rob assistiu à turnê Circus, ele disse 'Eu quero fazer isso, mas comigo nela'", disse o cantor Mark Owen em coletiva de imprensa.

"Então é isso que queremos fazer --a mesma coisa, mas com a participação de Rob."

Em agosto, Gary Barlow, o principal compositor da banda, sugeriu que Williams não permaneceria na banda por muito tempo.

Mas na coletiva de imprensa de terça-feira, Williams afirmou: "Não estamos colocando uma linha do tempo para isso..."

A banda Take That conquistou fama nos anos 1990 com canções pop e baladas românticas como "Back for Good" e "Relight My Fire", vendendo 25 milhões de cópias e se tornando um exemplo de banda de sucesso.
http://jovempan.uol.com.br

sábado, 4 de dezembro de 2010

Justin Bieber de A a Z mostra curiosidades do astro teen

Feito especialmente para as fãs brasileiras, o guia Justin Bieber de A a Z (R$ 25,90, Panda Books), de Karina Perin, traz inúmeras informações sobre a vida e a carreira do maior fenômeno teen da atualidade.

O livro conta fatos da infância de Bieber, o relacionamento com seus pais e histórias sobre seu primeiro amor. A publicação ainda traz entrevistas que o jovem concedeu ao Brasil, depoimentos sobre suas fãs, prêmios que recebeu, suas turnês pelo mundo e dados sobre os bastidores do filme sobre sua vida, com previsão para fevereiro de 2011.

Abaixo, leia alguns trechos de Justin Bieber de A a Z:

"I
Igreja: Foi onde Justin teve seu primeiro contato com a música. Antes de sua mãe, Pattie, conseguir comprar instrumentos para o filho, eles tinham de improvisar. Então, aos dois anos, ele começou a brincar com instrumentos que eram doados para a igreja. Em casa, ele treinava suas primeiras batidas nas panelas.

J
Jeremy Bieber: É o pai do cantor. Tinha 20 anos quando Justin nasceu. Ele mora em Ontário, no Canadá, com a esposa, Erin, e os filhos, Jazmin e Jaxon. Apesar de não morarem juntos, os dois têm uma relação muito boa. Jeremy também toca violão, e ensinou o filho a tocar Knockin’ on Heaven’s Door, de Bob Dylan. Foi a segunda música que Justin aprendeu a tocar com o instrumento. Em agosto de 2010 Jeremy levou Justin para passar uns dias de férias – foram surfar em Barbados, no Caribe".

Shakira tem data reservada para março no Morumbi

A popstar colombiana Shakira virá ao Brasil no próximo ano. Em seu site, a artista informa que fará uma série de apresentações que ela fará pela América Latina em fevereiro e março de 2011. Além do Brasil, o show "Sale el sol" passará por Argentina, Colômbia, Costa Rica, Chile, Equador, Guatemala, México, Paraguai, Peru, Porto Rico, República Dominicana e Venezuela. A turnê faz parte do "The pop festival", evento que, segundo a nota postada no site , "combinará artistas reconhecidos do pop mundial e distintas expressões de tecnologia e arte contemporâneos". Shakira, não por acaso, será a apresentadora do festival.

O único show da excursão já com data anunciada é o de Buenos Aires, marcado para o dia 5 de março. Há, porém, uma data reservada para Shakira no estádio no Morumbi, em São Paulo, no mesmo mês. No Rio de Janeiro, a única agenda da artista, por enquanto, é no camarote da Brahma, no carnaval, segundo informou esta semana a coluna Gente Boa, de O GLOBO.

Estoy Aqui
Shakira
Composição: Shakira Mebarak / Luis F.Ochoa

Ya se que no vendrás
Todo lo que fué
El tiempo lo dejó atrás
Se que no regresarás
Lo que nos pasó
No repetirá jamás
Mil años no me alcanzarán
Para borrarte y olvidar
Y ahora estoy aquí
Queriendo convertir
Los campos en ciudad
Mezclando el cielo con el mar
Se que te dejé escapar
Se que te perdí
Nada podrá ser igual
Mil años pueden alcanzar
Para que puedas perdonar
Estoy aquí quierendote
Ahogándome
Entre fotos y cuadernos
Entre cosas y recuerdos
Que no puedo comprender
Estoy enloqueciendome
Cambiándome un pie por la cara mía
Esta noche por el día
Que nada le puedo yo hacer
Las cartas que escribí
Nunca las envié
No querrás saber de mi
No puedo entender
Lo tonta que fui
Es cuestión de tiempo y fé
Mil años con otros mil más
Son suficientes para amar
Estoy aquí quierendote
Ahogándome
Entre fotos y cuadernos
Entre cosas y recuerdos
Que no puedo comprender
Estoy enloqueciendome
Cambiándome un pie por la cara mía
Esta noche por el día
Que nada le puedo yo hacer
Si aún piensas algo en mi
Sabes que sigo esperándote
Estoy aquí quierendote
Ahogándome
Entre fotos y cuadernos
Entre cosas y recuerdos
Eue no puedo comprender
Estoy enloqueciendome
Cambiándome un pie por la cara mía
Esta noche por el día
Que nada le puedo yo hacer

Mark Feehily do Westlife pretende se casar com Kevin McDaid em 2011

A estrela Mark Feehily do Westlife está planejando casar-se ao longo de 2011 com o seu namorado Kevin McDaid.
Kevin McDaid e Mark Feehily, juntos desde 2005.

O cantor irlandês namora Kevin McDaid da agora extinta banda britânica boyband V. Kevin McDaid ingressou na boyband V em 2003, juntamente com quatro outros rapazes. A banda teve três hits bastante sucesso em 2004, antes da separação em fevereiro de 2005, menos de um ano depois de seu primeiro single ser lançado. Mark Feehily está com Kevin McDaid desde que ele saiu da Boyband. Homossexuais, ficaram noivos no início deste ano, e Feehily revelou que eles estão planejando se casar no próximo ano, para dar-lhes tempo suficiente para organizar a cerimônia.

Ele disse a jornal britânico The People, "Nós não temos pressa para casar, como eu quero que tudo esteja bem, estou tendo tempo para organizar tudo adequadamente."
Informações gerais

Markus Feehily
Nome do nascimento: Markus Michael Patrick Feehily
Nascido em 28 de maio de 1980
Local de nascimento: Sligo, Irlanda
Gêneros: Pop
Ocupações: Cantor , compositor
Instrumentos: Vocais, piano.
Período em atividade: 1998-presente
Afiliações: Westlife


Kevin McDaid
Nome do nascimento: Kevin McDaid
Nascido em 7 de março de 1984 (26 anos)
Local de Nascimento: Nigéria
Gêneros Pop
Ocupações Singer , fotógrafo
Instrumentos Vocais
Período em atividade 2004 - 2005
Afiliações: V (banda)




quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Cyndi Lauper vai fazer seis shows no Brasil, diz jornal

Cantora do hit 'Girls just wanna have fun', sucesso nos anos 80, vai rodar por Belo Horizonte, São Paulo, Recife, Rio, Porto Alegre e Florianópolis

Cyndi Lauper - aquela do hit "Girls Just Wanna Have Fun", dos anos 80 - se apresenta em seis capitais brasileiras em 2011. A informação é da coluna "Olá", do "Agora São Paulo". A cantora vai passar por Belo Horizonte, São Paulo, Recife, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Florianópolis. De acordo com a coluna, ainda não foram divulgados detalhes sobre os valores dos ingressos. (Ego)
<. Cyndi Lauper - Girls Just Want To Have Fun


Girls Just Wanna Have Fun
Cyndi Lauper


I come home in the morning light

My mother says when you gonna live your life right

Oh mother dear we're not the fortunate ones

And girls they wanna have fun

Oh girls just wanna have fun




The phone rings in the middle of the night

My father yells what you gonna do with your life

Oh daddy dear you know you're still number one

But girls they wanna have fun

Oh girls just wanna have--




That's all they really want

Some fun

When the working day is done

Girls-- they wanna have fun

Oh girls just wanna have fun




Some boys take a beautiful girl

And hide her away from the rest of the world

I wanna be the one who walks in the sun

Oh girls they wanna have fun

Oh girls just wanna have




That's all they really want

Some fun

When the working day is done

Girls--they want to have fun

Oh girls just want to have fun,

They wanna have fun,

They wanna have fun...



segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Tombo do Paul McCartney. Astro tropeçou em um equipamento quando se despedia do público.

São Paulo presenciou na noite de ontem o show do lendário Paul McCartney. Mais de 60 mil pessoas reunidas cantando sucessos dos Beatles e do próprio cantor.

No final do evento, uma novidade: papeis picados e a bandeira verde-amarela segurada pelo ex-Beatle formam uma grande homenagem ao Brasil.

Mas a grande surpresa acabou sendo outra. Quem pagou a grana preta para assistir o show, também assistiu de camarote essa cena:









Na hora de dar tchau, Paul aparentemente tropeça nos fios e PUFT!

Poxa vida, logo no momento da homenagem ao Brasil!! (Fonte: Diário Gaúcho)




Paul McCartney & WINGS - Live And Let Die





When you were young and your heart was an open book
You used to say live and let live
(You know you did, you know you did, you know you did)
But if this ever-changing world in which we live in
Makes you give in and cry

Say live and let die
(Live and let die)
Live and let die
(Live and let die)

What does it matter to you?
When you got a job to do
You got to do it well
You got to give the other fellow hell

You used to say live and let live
(You know you did, you know you did, you know you did)
But if this ever-changing world in which we live in
Makes you give in and cry

Say live and let die
(Live and let die)
Live and let die
(Live and let die)

domingo, 31 de outubro de 2010

Jorge e Mateus. MEU DESESPERO


Meu Desespero Jorge e Mateus
Você já viveu comigo
E encheu de amor meu coração
Perfumou a nossa cama
Deixando o gosto da solidão
Esqueceu em nosso quarto uma
Foto sua
De corpo inteiro

E hoje em minha vida é meu
Pedaço de desespero

Não posso ouvir no rádio
Aquela canção que você tanto gostava
E corro e vou pro boteco
Beber mais uma pra te esquecer
Vendeiro desce mais uma
Confere a conta lá na tabela
Repete aquela canção
Que eu bebo e choro pensando
Nela

Por você já bebi tanto
Que estou ficando bem conhecido
Você fez a minha fama
Porque me deu um amor fingido
Já estou me acostumando
Com esta vida de um pobre louco

Põe a foto sobre a mesa
Bebendo todas eu acho pouco

http://www.vagalume.com.br

Capital Inicial: Ressurreição


Ressurreição Capital Inicial
De coroa de espinhos, dormindo no volante
Uma vida gloriosa, um minuto irrelevante
Um ataque de bondade
Em várias cores e tamanhos
Dando balas e cigarros
E caronas a estranhos

Carros passam dizendo sim
O sinal gritando não
Deve ser isso que chamam de ressurreição
Hollywood dizendo sim
A televisão gritando não
Deve ser isso que chamam de ressurreição

Pregado numa cruz, dirigindo sem as mãos
Jogando fora o futuro
Sem motivo pra pedir perdão
Segunda feira, meio dia
Acabe antes que comece outra vez
Se desespere, ninguém está do seu lado
Dá tudo certo se fizer tudo errado

Das ruas acenam que sim
Das janelas gritam que não
Deve ser isso que chamam de ressurreição
Ouço o povo dizendo sim
Vejo a multidão gritando não
Deve ser isso que chamam de ressurreição

Ouço o povo dizendo sim
A televisão gritando não
Deve ser isso que chamam de ressurreição
A cidade acha que sim
A nação acha que não
Deve ser isso que chamam de ressurreição

http://www.vagalume.com.br/capital-inicial/ressurreicao.html#ixzz13yunZBaq

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Vida loka também ama - Mc Bó do Catarina

Vida Loka Tambem Ama

Mc Bo do Catarina




Ô sá palavra e certo e você tá ligado
Pode acredita que nois é sem escama
Tamos tudo junto sempre lado a lado
Nois e vida loka mais nóis também ama
Que DEUS ilumine todo mundo agora
Quebro o cadeado e e faço o povo rir
Com tua palavra mando o mal embora
Liberdade já que eu vou cantando assim.
Amar e poder compartilhar os sentimentos
E saber fazer feliz quem está do seu lado
Dando a volta por cima dos maus momentos
Saber perdoar sem lembrar do passado.
Fiz essa bela letra em um dia triste, quem é vida loka se identificou
Viu que mesmo quando a vida tá difícil, mais ainda sabemos fala de amor
Sei que nada dura pela a vida inteira, a não ser aquele olhar de esperança
Não me apego a nada eu não marco bobeira, acredito só no riso das crianças.
Amar e poder compartilhar os sentimentos
E saber fazer feliz quem está do seu lado
Dando a volta por cima dos maus momentos
Saber perdoar sem lembra do passado.

sábado, 23 de outubro de 2010

True - Spandau Ballet

Spandau Ballet é uma banda britânica formada em Londres no final de 1970. Inicialmente inspirada na moda New Romantic, sua música tem apresentado uma mistura de funk, jazz, soul e synthpop . Eles foram uma das bandas de maior sucesso da década de 1980, alcançando dez Top Ten singles e quatro álbuns no Top Ten do Reino Unido entre 1980 e 1990. A banda se separou em 1990, mas aanunciaram o seu retorno em março de 2009, com uma turnê que começou em outubro de 2009.

True foi o terceiro álbum de estúdio da banda britânica Spandau Ballet. Foi lançado em março de 1983, enquanto os dois primeiros  álbuns do Spandau Ballet ganhou popularidade na Europa, True tornou-os astros mundiais e foi fortemente influenciado pelo jazz , soul e R & B . Chegou primeiro lugar nas paradas britânicas, o top vinte nos Estados Unidos , e ficou em inúmeros países ao redor do mundo. A faixa-título passou quatro semanas em 1º  na tabela de singles do Reino Unido, e foi a número 2 single nos Estados Unidos.




True
So true funny how it seems
always in time, but never in line for dreams
Head over heels when toe to toe
This is the sound of my soul,
this is the sound
I bought a ticket to the world,
but now I've come back again
Why do I find it hard to write the next line
Oh I want the truth to be said

Huh huh huh hu-uh huh
I know this much is true
Huh huh huh hu-uh huh
I know this much is true

With a thrill in my head and a pill on my tongue
dissolve the nerves that have just begun
Listening to Marvin (all night long)
This is the sound of my soul,
this is the sound

Always slipping from my hands,
sand's a time of its own
Take your seaside arms and write the next line
Oh I want the truth to be known

Huh huh huh hu-uh huh
I know this much is true
Huh huh huh hu-uh huh
I know this much is true

I bought a ticket to the world,
but now I've come back again
Why do I find it hard to write the next line
Oh I want the truth to be said

Huh huh huh hu-uh huh
I know this much is true
Huh huh huh hu-uh huh
I know this much is true
This much is true
I know, I know, I know this much is true

Tradução
Verdadeiro
É tão verdadeiro e engraçado como parece
sempre em tempo, mas nunca na direção certa para os sonhos
De pernas pro ar quando com o pé no chão
Este é o som da minha alma,
este é o som
Eu comprei uma passagem para o mundo,
mas agora eu voltei novamente
Porque eu tenho dificuldade para escrever o próximo verso?
Oh, eu quero que a verdade seja dita

Huh huh huh hu-uh huh
Eu sei o quanto isso é verdadeiro
Huh huh huh hu-uh huh
Eu sei o quanto isso é verdadeiro

Com uma emoção na minha cabeça e uma pílula em minha língua
dissolvo o nervosismo que acabou de começar
Fico ouvindo Marvin (a noite toda)
Este é o som da minha alma,
este é o som

Sempre escapando das minhas mãos,
a areia tem seu momento próprio
Leve seus braços à beira-mar e escreva o próximo verso
Oh, eu quero que a verdade a seja conhecida

Huh huh huh hu-uh huh
Eu sei o quanto isso é verdadeiro
Huh huh huh hu-uh huh
Eu sei o quanto isso é verdadeiro

Eu comprei uma passagem para o mundo,
mas agora eu voltei novamente
Porque eu tenho dificuldade para escrever o próximo verso?
Oh, eu quero que a verdade seja dita

Huh huh huh hu-uh huh
Eu sei o quanto isso é verdadeiro
Huh huh huh hu-uh huh
Eu sei o quanto isso é verdadeiro
O quanto isso é verdadeiro
Eu sei, eu sei, eu sei o quanto isso é verdadeiro

Trilha Sonora do filme Top Gun


Top Gun é um 1986 filme de ação americano dirigido por Tony Scott e produzido por Don Simpson e Jerry Bruckheimer , em associação com a Paramount Pictures empresa. O roteiro foi escrito por Jim Cash e Jack Epps Jr., e foi inspirado no artigo "Top Guns", escrito por Ehud Yonay para a Califórnia Magazine.

O filme é estrelado por Tom Cruise , Kelly McGillis , Val Kilmer , Anthony Edwards e Tom Skerritt . Cruise interpreta o tenente Pete "Maverick" Mitchell, um jovem aviador naval a bordo do porta-aviões USS Enterprise . Ele e sua backseater, Radar Intercept Officer (PRI), o tenente jg Nick "Ganso" Bradshaw (Edwards), é dada a oportunidade de treinar no Arsenal de Marinha do Fighter Weapons School . O filme retrata o progresso Maverick's, através da formação, o seu romance com um instrutor do sexo feminino, e sua superação de uma crise de confiança depois de um acidente fatal de formação.

Top Gun abertas nos Estados Unidos em 16 de maio de 1986. O filme arrecadou $ 353.816.701 em todo o mundo.


Música
Top Gun (trilha sonora)
A trilha sonora de Top Gun é uma das trilhas sonoras mais popular até à data, alcançando # 1 na parada Billboard Top Pop Albums por cinco semanas. [ carece de fontes? ] Harold Faltermeyer , que já trabalhou com ambos Jerry Bruckheimer e Don Simpson no filme Flashdance e Beverly Hills Cop , foi enviado o roteiro de Top Gun por Bruckheimer, antes do início das filmagens. Giorgio Moroder e Tom Whitlock trabalhou em várias músicas, incluindo o vencedor do Oscar # 1 " Take My Breath Away "e" Danger Zone ". Kenny Loggins tinha duas músicas no a trilha sonora, " Playing With the Boys "e" Danger Zone ". Berlin gravou a canção "Take My Breath Away", que viria a ganhar vários prêmios, o envio de Berlim a aclamação internacional. Após o lançamento do 2 single Loggins "#" Danger Zone ", as vendas do álbum explodiram, vendendo 7 milhões só  nos Estados Unidos. Na reedição da trilha sonora em 2000, duas músicas que haviam sido omitidas do álbum original, " Great Balls of Fire "por Jerry Lee Lewis e " You've Lost Feelin 'That Lovin' ", por The Righteous Brothers , foram acrescentou. A trilha sonora é também incluem " Top Gun Anthem "e" Memórias "por / Faltermeyer Steve Stevens e Faltermeyer. No entanto, não há liberação trilha sonora, até à data tenha incluído a pontuação Faltermeyer completo.

Outros artistas que foram considerados para o projeto de trilha sonora, mas não participaram. Bryan Adams foi considerado como um potencial candidato, mas se recusou a participar porque sentiu que o filme glorificava a guerra. Da mesma forma, REO Speedwagon foi considerada, mas recuou porque eles não seriam autorizados a gravar suas próprias composições. A banda Toto foi originalmente concebido para gravar "Danger Zone", e também havia escrito e gravado uma canção "Only You" para a trilha sonora. No entanto, houve uma disputa entre os advogados do Toto e os produtores do filme, abrindo o caminho para gravar Loggins "Danger Zone" e "Only You", sendo omitidso do filme por completo.

Gosto musical e classe social

O gosto musical revela a classe social?

De acordo com um estudo feito por um cientista social da Universidade de São Paulo (USP), a preferência por um gênero musical reflete a classe social a qual uma pessoa pertence

Os versos do compositor Dorival Caymmi disseram que “quem não gosta de samba bom sujeito não é”. Mas de qual tipo de samba você gosta? Gosta de choro ou prefere um pagode? Paulinho da Viola ou Exaltasamba? De acordo com o cientista social Dmitri Cerboncini Fernandes, o gosto musical reflete a classe social a qual uma pessoa pertence.


Em sua tese de doutorado na Universidade de São Paulo (USP), Fernandes classificou os gêneros populares urbanos em quatro subdivisões: o choro, o samba “tradicional”, o samba dos anos 1980 e o samba dos anos 1990.

De acordo com entrevistas feitas por ele com o público de casas de shows de São Paulo e do Rio de Janeiro, a maioria das pessoas que gostam das produções da década de 1990, denominado de pagode comercial, é jovem, com nível escolar mais baixo e moradores da periferia. O público que aprecia o samba da década de 1980 e nomes como Zeca Pagodinho e Fundo de Quintal é mais heterogêneo, com pessoas de uma faixa etária um pouco maior e que cursaram faculdade. Por fim, o samba tradicional – simbolizado por Paulinho da Viola – e o choro têm um público composto por uma maioria de pessoas com nível superior em boas faculdades, grande consciência política e um bom conhecimento musical.

“Foram os críticos, ao longo dos anos, que formataram esse tipo de divisão por classes sociais”, afirma Fernandes. Para ele, os elementos discursivos utilizados por eles, que escreviam para uma classe média mais intelectualizada, criaram divisões simbólicas do que era ‘bom’ ou ‘ruim’ dentro do samba e do choro. O que os críticos descreveram como músicas de "qualidade", desde o início do século passado, acabou por influenciar o gosto musical de cada classe social. Aquelas que tinham mais acesso às críticas passaram a não gostar dos gêneros considerados ruins. Quem não lia as opiniões dos comentaristas acabou gostando de ouvir essas canções desprezadas. Dessa forma, moldou-se a relação entre o gosto musical e a classe social. Esse processo acontece até hoje, na opinião de Fernandes.

Contexto histórico

Para entender a tese de Fernandes, é preciso olhar para o aspecto histórico dos gêneros e subgêneros do samba e do choro, bem como analisar como a crítica musical brasileira se desenvolveu ao longo dos anos.

De acordo com o cientista social, no final da década de 1920 e início da de 1930, livros escritos por ‘críticos’ como Vagalume e Orestes Barbosa foram fundamentais para definir e organizar os gêneros e subgêneros do samba. Mas, além da nomenclatura, os autores passaram a indicar quais eram, nas suas concepções, os bons e os maus sambistas da época.

“Eram considerados bons ou autênticos, os sambistas que estavam afastados do esquema comercial”, diz o pesquisador. Os críticos valorizam o samba e o choro feitos para a comunidade, com raízes folclóricas. As produções que faziam sucesso nas rádios e atingiam um público maior eram denominadas "inautênticas".

Nas décadas de 1930 e 1940, com Getúlio Vargas e o Estado Novo, o samba deixou de ter um tom popularesco. Segundo Fernandes, as letras foram "higienizadas" e o gênero passou a ser um símbolo do país.

Na década de 1950, intelectuais e músicos como Vinícius de Moraes e Ary Barroso consagraram, com suas opiniões, nomes como Noel Rosa, Cartola e Almirante como sambistas autênticos. Artistas como Cauby Peixoto, Nora Ney e Waldir Azevedo foram tachados como "menores”.

Nos anos 1970, críticos como Sérgio Cabral e Hermínio Bello de Carvallo, segundo Fernandes, continuaram a seguir a mesma linha de pensamento da crítica da década de 1930, dividindo e classificando os sambistas em autênticos e não-autênticos, e sempre escrevendo para uma classe social mais intelectualizada.

Por fim, simbolizando as décadas 1980 e 1990, artistas como Zeca Pagodinho e os grupos de pagodes que dominaram as rádios populares e os programas de TV, apesar de todo o sucesso comercial, não são considerados sambistas autênticos pelos críticos, por misturarem em suas músicas elementos ‘estranhos’ ao samba, como a guitarra, por exemplo.

DANILO CASALETTI - REVISTA ÉPOCA